21/04/2008

Água com Açucar !!!

Eu não sou exatamente um fã de comédias românticas. Aliás gosto de “detoná-las”. Falar mal do Adam Sandler é meu passatempo, mas dessa vez não dá pra comparar o filme aos trabalhos anteriores do comediante. Apesar de não gostar destas comédias americanas, nada impede, no entanto, que algumas vezes uma história do gênero se mostre realmente interessante e consiga me tocar profundamente. “Como se Fosse a Primeira Vez” conseguiu essa façanha.
“Como se fosse a primeira vez”. É a história de uma jovem, muito bonita, que após sofrer acidente de carro, passa a ter um problema mental onde sua memória curta é perdida durando apenas um dia. Cada dia, após o acidente, é completamente novo. Com isso, ela esquece de tudo o que houve com ela no dia anterior. Inclusive de um rapaz que a conheceu após esse acidente, e que por ela se apaixona.
Todo o restante do filme é uma grande lição de vida: o “namorado diário”, que a ama muito, precisa conquistá-la a cada dia. Como se fosse o primeiro encontro dos dois. Ele precisa, todo dia, fazer com que ela se apaixone por ele. A despeito da família e de todo mundo, que tenta afastá-lo dela, por não acreditar no relacionamento deles, ele, diariamente, de todas as formas possíveis a conquista. Pois ele sabe que quando ela fecha os olhos e dorme...todas as memórias do dia esvaem-se.
Disse Lição de vida, pois me coloquei no filme e fiquei pensando até que ponto pode-se amar alguém a ponto de querer conquistá-la todos os dias. Talvez este seja o segredo de um relacionamento duradouro:
Devemos conquistar a pessoa amada TODOS os dias. Então vamos a luta...

22 comentários:

Weendy Dools disse...

que bom que voce gosto do nosso blog,
voce escreve muiito bem ;)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo, gostei da maneira como escreve...
Nunca ouvio dizer que o amor é como uma planta, que tem que ser regada todos os dias senão morre ?
O amor ainda é mais frágil que as flores... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Dama de Cinzas disse...

Bateu comigo! Não sou fã de comédia romântica, aliás acho esse estilo um mal para algumas amigas que tenho, que vivem esperando os homens desse tipo de filme e esquecem dos homens reais que as rodeiam.

Quanto a história desse, achei interessante, também não é porque não gosto do estilo que detestei todas as comédias românticas que vi (sou contra generalizações), mas devo confessar que não foram muitas!

Beijos

BANDEIRAS disse...

Gostei da frase " penso, logo, escrevo " - é expontaneo, livre .
Nos dá a ideia de que não estamos te lendo, mas sim, te ouvindo.
Obrigada pela visita
Vou aparecer por aqui + x .
Bjs.

BANDEIRAS disse...

Em relação a essas comédias americanas, acho todas um saco !!!! nunca vi tanta besteira num filme só. E onde fica a comédia ????? já tentei procurar, não tem jeito, não se encontra.
Bjs

Nina disse...

Esse filme é lindo lindo lindo!!!

Nathália disse...

Confesso: choro toda vez que vejo esse filme.

Sim, é uma comédia, mas é muito profundo não acha? Rs.

Beijo!

Fê Probst disse...

Esse filme tem mesmo uma mensagem de vida. É como eu sempre digo: não é difícil apaixonar-se todos os dias. Difícil é apaixonar-se todos os dias pela mesma pessoa.
Eu disse difícil. Não impossível ;)

Ludmila Prado disse...

esse filme me cativou também, e como todos os filmes que gosto eu não me canso de axistir, devo ter axistido esse umas 5 vezes.
ele é perfeito, ti faz, sorrir e chorar, e além de tudo nos faz pensar no que é amor de verdade, pois muitas pessoas com o passar do tempo esquecer de cultivar e o amor acabar perdendo as forças e morrendo.

beijo
voltei ta vendo

FINA FLOR disse...

mas sabe que alguma dessas comedinhas tem sempre um lado lúdico e algo que fica.

aprendemos com ela, se assim quisermos..........

beijocas e obrigada por sua gentil visita,

MM.

ps: esse filme e bem fofo!

ps2: tive que tomar uma medida mais drástica, digamos assim, em relação aos meus vizinhos.... passe lá no canteiro e veja.

Marcela ツ disse...

Olá!
Vi seu comentário na postagem do meu namorado no nosso blog conjunto e passei pra agradecer pela visita!
Se eu acreditasse em coincidências, diria que foi grande essa de eu ter passado no seu blog bem no dia em que você escreveu sobre esse filme. É um filme lindo, gosto do ar engraçdo que tem, e de todo esse romance da moça ter de ser conquistada todos os dias pelo cara que a ama. Quer prova de amor maior do que essa?
Bem, quando quiser voltar no nosso blog, será muito bem vindo!
boa semana, beijão!

Mariah disse...

deve valer por ela...que é fantástica.
mariah
mas ele...que sofrimento.

Gabi Andrade disse...

ri aos montes com esse filme ;)

conquistar a cada dia é um dos grandes segredos mesmo; o problema é cair na rotina, nos entregamos muito fácil a ela :~

ótima semana! :*

♥M@cellY♥ disse...

Bem.... eu adoro comédia romãntica só pelo simples fato de saber que essas histórias só vão rolar lá na telona....
rsrsss
Esse filme que falaste é realmente muito legal. Na minha opinião, um pouquinho exagerado pq não acredito nesse amor que ele prega...
Tomara que eu esteja errada né?

Bjinhuss!!!

Gabi disse...

Eu também não gosto muito dessas comédias românticas, mas essa... não tem como não se comover, principalmente na hora da fala "e se sua memória fosse apagada todos os dias, você se apaixonaria todos os dias por mim?"
Não sei se amores como esses existem ou são apenas coisas de filmes, tomara que existam. =**

Tatiana Lima disse...

Olá william....

Seja Bem-vindo ao Conversa nobanehrio...Obrigado pelo elogio e pela espiadela....
Mande seu email, assim vc receberá avisos de novo posts....

Ah, proposito adorei o seu blog tb....

Beijo,

Ah, e como vc descobri meu banheiro? rsrsrs

Nadezhda disse...

Ia dizer isso mesmo, que talvez o segredo esteja em conquistar a pessoa amada todos os dias!

Não gosto muito de comédias românticas, mas à vezes é bom pra 'relaxar'!

(Eu não atualizo "O Quarto 18", mas se quiser dar uma passada no "Where is my mind", estou sempre atualizando).

;)

maria claudete disse...

muito oportuna a sua colocação sobre a mensagem implícita e aqui tão "explicitada" por você, é isto amigo o tempo passa , a rotina toma conta dos relacionamentos afetivos, e a gente acaba esquecendo que a "conquista" é diária , como tudo na vida , em todos os aspectos, e... obrigada por estar me lembrando disto , especialmente hoje! Já vi o filme duas vezes ... e me emocionei. Abraços.

Brisa disse...

É verdade, o amor não precisa de provas mas precisa de ser cuidado, tal como uma planta, para crescer e crescer e crescer...
Gostei muito do seu cantinho! Bjs!

Maria Regina disse...

Esse filme é muito interessante e me fez pensar bastante. A arte de conquistar diariamente alguém a quem amamos. É bastante senível, apesar de ser americano ( mas nada contra os americanos!...)
Obrigada pela visita ao meu blog.
Um abraço

Ultra Violet disse...

Esse é um dos meus filmes preferidos!Todo homem deveria vê-lo e aprender a conquistar sua mulher a cada dia.

Bjs.

Lúcia disse...

Olha!, também adorava falar mal do Adam Sandler! Me divertia mesmo!
Até que vi "Reign Over Me" (Reine Sobre Mim), do diretor Mike Binder, do ano de 2007.
O filme é ótimo e, acredite, o cara amadureceu! Vejo Adam Sandler como um ator daqueles que carregam na testa carimbos autenticados dos grandes estúdios com os dizeres "ator pra filmes de comédia água-com-açúcar" ou "ator para filmes de comédia idiotas", e que por isso mesmo nunca teve oportunidade de tentar outro gênero e descobrir qual era o seu caminho de verdade. E de repente ele teve a sorte de topar com um bom roteiro e um diretor competente. Alugue pra você ver no que foi que deu, vale a pena: a atuação de Sandler, o filme, a trilha sonora. E o que mais você descobrir de bom!

Beijos